Image
Conferência
7 de Novembro de 2015

16:00
Teatro(s) da felicidade
Image
Image
Image
Image

com

Pedro Sobrado
Teatro Nacional de São João

“Se daqui por mil anos o homem for feliz, isso será também um pouco por minha causa”, diz uma das personagens mais próximas de Tchékhov, o médico Astrov de O Tio Vânia. A conferência Teatro(s) da felicidade promovida pelo TNSJ começa sob o signo, simultaneamente melancólico e vitalista, de Tchékhov, um dramaturgo cheio de desencanto e ironia, mas que pediu champanhe antes do último suspiro. Antecedendo a projeção de excertos da gravação de O Tio Vânia – espetáculo produzido há exatos 10 anos e filmado pelo fotógrafo e realizador João Tuna –, o encenador Nuno Carinhas e o poeta e crítico literário Pedro Mexia falam-nos da felicidade de Tchékhov: de encenar os seus textos, no caso do primeiro; de ler e conviver com as suas personagens, no caso do segundo. Segue-se uma conferência com o romancista e helenista Frederico Lourenço, que rebuscará na Antiguidade Clássica e nas Escrituras noções de felicidade; a poetisa Matilde Campilho, cujo livro de estreia – o feliz e coloquial, entusiasta e inventivo Jóquei – teve o impacto de uma descoberta; e o filósofo Sousa Dias, cultor de uma gaia ciência onde se distinguem pensadores como Karl Marx, Gilles Deleuze e Slavoj Žižek.

* O Tio Vânia, encenado por Nuno Carinhas, foi estreado no Teatro Carlos Alberto, em 2005, numa coprodução TNSJ/Assédio/Ensemble – Sociedade de Actores

Projeção de excerto de O Tio Vânia, de Anton Tchékhov,* e intervenções de Pedro Mexia e Nuno Carinhas

Organização: Teatro Nacional São João