Image
Conferência
9 de novembro de 2017

19:00
Repensar o Antropoceno
Image
Image

com

Pipi Colonial
Mosteiro de São Bento da Vitória

A crítica feminista e pós-colonial tem vindo a chamar a atenção para as conceções de género e racialidade inerentes ao que consideram ser o pensamento antropocêntrico, ou mesmo androcêntrico, que subjaz ao termo Antropoceno. Nomeado como a época do Homem e das suas ferramentas, este período geológico reitera a figura do homo faber como agente e centro do conhecimento. Mas quem é o homo faber? Na opinião de vários pensadores e cientistas, ao reduzir o agenciamento histórico ao sujeito masculino liberal da modernidade iluminista, o termo exclui a diversidade de sujeitos que povoa o planeta, para além de obliterar o legado colonial da acumulação capitalista, responsável por danos ecológicos de efeito duradouro.

Nesta conversa entre a filósofa Denise Ferreira da Silva (1963, Brasil), professora e diretora do Instituto de Justiça Social da University of British Columbia, e a artista Ursula Biemann (1955, Suíça), cujo trabalho tem hoje como orientação principal a investigação de questões ecológicas, problematizar-se-á a política do Antropoceno discutindo o contexto pós-colonial que condiciona a nossa interação com o mundo natural. Moderada pelo coletivo Pipi Colonial, serão debatidas nesta conversa as conceções do humano que o Antropoceno propõe e exclui, e qual o papel da estética e da crítica para reimaginar a relação frágil e complexa que mantemos com a natureza.

Tradução simultânea